Virna Teixeira publicou no Papel de Rascunho um poema do livro artesanal Selva de Sentidos, distribuido a poetas amigos.
O poema selecionado, “Casa do Sol”, foi escrito após visita à chácara de Hilda Hilst, em Campinas. A visita foi feita a pretexto de uma entrevista para o jornal Nicolau. Intimidada, não fiz a entrevista, apenas o editor do jornal, Fernando Karl. Escrevi o poema, surpreendida pela acidez da grande poeta. Eu, com 27, 28 anos, ela aos 60, lamentando ter sido abandonada pelos críticos.

Selva de Sentidos tem projeto gráfico de Jussara Salazar e reúne poemas com 15 anos de existência, como o citado. Tem edição limitada de 48 exemplares.
Anúncios